Uma Corda, Um Cordel

Menu
Foto de Plácido Amaral

Plácido Amaral

Poeta, trovador e cordelista.

Plácido Amaral (Plácido Ferreira do Amaral Júnior), rio-grandense do norte, nasceu em Natal aos 19 de julho de 1958 e reside em Caicó, também no Estado do Rio Grande do Norte, desde janeiro de 1980. Fisioterapeuta graduado pela Universidade Federal de Pernambuco considera-se um humilde fazedor de versos.

Poeta, trovador e cordelista, é autor de centenas de poemas divulgados em coletâneas literárias e nas redes sociais, como também, possui quarenta e sete cordéis escritos, impressos e publicados. Estudioso da literatura de cordel é diplomado pela Associação Cultural de Caicó por ter participado da oficina de cordel, realizada pelo Ponto de Cultura, Ministério da Cultura – MinC, no ano de 2015, com carga horária de 54 horas. É membro do C.T.S. (Clube dos Trovadores do Seridó), onde ocupa a cadeira 27; Acadêmico da ARLAC (Academia Rotária de Letras, Artes e Cultura); Acadêmico da ACILBRAS (Academia de Artes Ciências e Letras do Brasil), onde ocupa a cadeira 128; Acadêmico da ALVCPN (Academia Literária Virtual do Clube da Poesia Nordestina), onde ocupa a cadeira 06; sócio da União Brasileira de Trovadores (UBT), sessão de Caicó/RN e sócio representativo do Rotary Club de Caicó com a classificação rotária de Fisioterapia.

Defende a ampla promoção e extensa realização de concursos literários pelos órgãos públicos e privados, com incentivos materiais para os laureados e com a participação do maior número de poetas possível. Nessa área é possuidor de diversas premiações e classificações em competições, tanto na literatura de cordel, como nas trovas clássicas e também, em outras modalidades poéticas.

É filho de Plácido Ferreira do Amaral, militar, e de Lena Sônia Hugo Silva do Amaral, professora, ambos falecidos. Neto pelo lado materno de Antônio Hugo Silva (Antônio Paurílio) maestro, compositor, pianista e poeta alagoano e, pelo lado paterno, do escritor e poeta pernambucano José Severino do Amaral. É casado há trinta e cinco anos com Maria do Rosário Gurgel do Amaral, administradora de empresas e funcionária pública estadual; pai de Gabriel José Gurgel do Amaral, bacharel em Direito e corretor de imóveis e de Felipe José Gurgel do Amaral, bacharel, mestre e doutorando em Economia. É sogro de Narjara Medeiros e Souza Batista, administradora de empresas e avô de João Arthur Batista Gurgel do Amaral.

Cordéis do Autor

Ver mais