Uma Corda, Um Cordel

Menu

O Valor de um Professor

por Silva Júnior

Compartilhar

O professor se empenha

Com amor e dedicação

Desenvolve seu ofício

Cumprindo a sua missão

Aprendendo para ensinar

Vivendo para educar

Escrevendo com o coração.

Infeliz dos governantes

De qualquer país ou nação

Que desprezam os seus mestres

Negando-lhes a valorização

Não merecem nosso respeito

Tampouco ser reeleito

Somente a nossa indignação.

Professor é um herói

Exemplo disso não falta

Enfrentam lutas diárias

No espaço sala de aula

De nenhum conflito se exime

Cuidado não os subestime

Se planejado, nada o abala!

Nem mesmo o baixo salário

Que parece até caridade

Recursos dos mais escassos

Desprezo da sociedade

Abalam seu coração

Ao cumprir sua missão

Sinônimo de felicidade.

E assim nessa jornada

De sonhos, decepções

Caminhos, conquistas, vitórias

São realizadas sem distinções

Exemplo vivo de lutas

Sem retaliações ou disputas

Preferências ou opressões.

Ah professor se eu tivesse

O poder de algo mudar

Falaria da sua importância

Seu ego iria massagear

Mudaria todo calendário

Sem depender de plenário

Pra diariamente te homenagear.

É injusto ter só um dia

Dedicado a ti professor

Salva vidas diariamente

Esteja sadio ou com dor

É abnegado ao que faz

Uma rotina que te satisfaz

Tendo como tempero o amor.

Nem os insultos ouvidos

Diários, provas pra corrigir

As noites mal dormidas

Os fatos novos, e o por vir

Não é o suficiente

Tampouco preponderante

Pra que penses em desistir.

Se não fosse a tua garra

Onde eu estaria agora?

Se profissão agora tenho

Mostrastes o caminho outrora

Sentimento de gratidão

Por clarear minha visão

Quando a cegueira me assola.

O carinho e a gratidão

Que hoje tenho por ti

É fruto das experiências

Boas e más que vivi

Embora tenha sido ousado

Por vezes te magoado

Graças seu empenho, sobrevivi!

Para as crianças um herói

Pros adolescentes, talvez tirano!

Sua mão sempre estendida

Mostrando a todos o caminho

Amigo para os mais velhos

Quem seguiu seus conselhos

Evitou o descaminho.

Por vezes o seu trabalho

Passa sem ser percebido

Compartilhando saberes

Insistindo pra ser ouvido

Lutando contra a desídia

Com as tentações da mídia

Luta de opressor e oprimido.

Alguém já dissestes um dia

És a base de toda conquista

Estás em tudo que se cria

Nos sonhos que se realiza

Estás em cada invenção

Sem ti não tem salvação

Serás sempre protagonista.

Tudo isso é verdadeiro

Dá escrita não abro mão

Parabéns aos professores

Ao leitor peço ponderação

Professor és um gigante!

Então deixe por um instante

Aperta-lhes a sua mão.

Dizer o quanto sou grato

Por guiar meus turvos passos

Aturar minhas manias

Meus momentos de relapsos

Continue sua missão de ensinar

Para um novo amanha que virá

Com seus conselhos zelosos.

Aqui fica o meu recado

E o desejo maior

Que um dia este país

Reconheça o seu valor

Perceba que tudo inicia

E em tudo que se cria

Tem a mão de um professor.