Uma Corda, Um Cordel

Menu

MULHER INTELIGENTE

MULHER INTELIGENTE

Autor: francisco silva júnior (júnior do cordel)

Imagem: Google

Cordel Adaptado da obra de Gabriel Garcia Marques

O sonho da macharada

É a princesa encontrar

Monta campana, observa

Procuram em todo lugar.

O seu coração dispara

Pro seu amor se declara

Já pensando em se casar

Enquanto chega o momento

Dessa grande decisão

O cabra faz analises

Faz até comparação

Pra ver se está tudo certo

E seu amor está completo

Como sonha o garanhão

Pois a grande maioria

Sem vergonha ou pudor

Enumera características

Do seu futuro amor.

- Tem que ser inteligente!

Fala o caboco exigente.

Em busca da fina flor.

Esses sujeitos não sabem

E nem param pra pensar

Mulheres inteligentes

Estão em todo lugar.

Não permitem que ninguém

Façam o que lhes convém

Ou tentem lhes dominar

Mulheres inteligentes

Tomam suas decisões

Os desejos são os seus

Independem de patrões.

Estabelecem os limites

E não aceitam palpites

Desses cabras valentões.

Nem pense em ser o centro

Detentor do que ela pensa.

Tudo gira em torno dela

Sua opinião dispensa.

Não será manipulada.

Está pronto pra jornada?

Pense e veja se compensa.

Elas não levam culpa.

Não gostou, questionam.

Tem responsabilidades

Não se calam, argumentam.

Se não estão satisfeitas

Resolvem logo as tretas

Bate a poeira e avançam.

Sabem que tiveram vida

Muito antes de você.

E assim vão continuar

Mesmo quando tu morrer.

Tão aqui numa missão

Não precisa permissão

De ninguém para viver.

Não procuram no parceiro

Um líder para seguir.

Um pai para dar-lhes filhos

Alguém pra elas pedir.

Tomam sua decisão

Não precisam concessão

Pra sua vida prosseguir.

Talvez algumas busquem

Homem honesto descolado.

Sem opressão, violência

Sem espaço controlado.

Não procuram um parceiro

No máximo um companheiro

Para andar ao seu lado.

Sabem que uma vida livre

Não é nenhum privilegio.

Nem um luxo que ostenta

Como se fora um presságio.

Sua alegria e tristeza

Demonstram pois tem certeza

Que são seu melhor refugio.

Sabem que se tiver medo

E sua raiva expressar.

Não deixa de ser mulher

E macho vai se tornar.

São diversas emoções

Que está nos seus corações

Ajudando a enfrentar.

Os diversos embaraços

Que a vida concedeu.

Valoriza a liberdade

Tudo o que Deus lhe deu.

Não se vê como vítima

Enfrenta não se lastima

Os erros que cometeu.

Não tente acorrenta-la

Pois irá se libertar.

Já tentaram sem sucesso

Noutro tempo aprisionar.

Elas sabem o seu valor

E vão agir com vigor

E seu espaço preservar.

A mulher já entendeu

Que a beleza, aparência

Não representa o valor

Tampouco a sua essência.

E o que ela faz com isso

É livre sem compromisso

Só a ela dá ciência.

Jamais pense em julgá-la

Por idade ou volume.

Sua conduta sexual.

Buscando impor costume.

Sabe que é violência

Vive sua independência

Nem alimenta o ciúme.

Então meu caro irmão

Antes da sua boca abrir.

Pense no que vai dizer

Pra não ter que desmentir.

Quer uma mulher inteligente?

Não decida de repente

Sem antes você me ouvir!

Pois mulher inteligente

Sabe o seu real valor.

Não fica quieta, esperando

Por ordens do seu senhor.

Não busca príncipe encantado

Homem fino, requintado

Nem um amor de novela.

Quer mulher inteligente?

Vê se és feito realmente

Pra encaixar na vida dela.